diariodefoz-logo-cabec wh

Ciudad del Este tem plano ambicioso de revitalização do centro comercial

Plano contempla intervenções para melhorar circulação de pedestres, otimizar o tráfego de veículos e revitalizar espaços públicos
WhatsApp
Facebook
Comércio de Ciudad del atrai milhares de brasileiros todos os anos (Foto: Arquivo/Diário de Foz)

A Prefeitura de Ciudad del Este apresentou um projeto de reorganização urbana dos quarteirões do entorno da cabeceira da Ponte Internacional da Amizade, que une o município a Foz do Iguaçu (Brasil).

A intenção é transformar a zona turística num espaço mais simpático e atrativo para os visitantes, nacionais e estrangeiros, informa a muncipalidade.

O plano contempla intervenções estratégicas para melhorar a circulação de pedestres, otimizar o tráfego de veículos e criar ou revitalizar espaços públicos como praças e rotatórias.

Leia também

“A intervenção visa melhorar o turismo de compras na cidade”, informam as autoridades.

Entre as ações estão a ampliação e reforma do Paseo San Blas. O calçadão será ampliado para proporcionar maior conforto aos pedestres. Além disso, será renovado o mobiliário urbano e instaladas áreas verdes para criar um ambiente mais agradável e acolhedor.

Viário

Da mesma forma, está prevista a conversão da rua Leonardo Ramírez Rolón em rua pedonal. Esta rua será transformada num espaço exclusivo para “peões”, com zonas verdes, espaços de descanso e espaços comerciais. Esta iniciativa procura promover a interação social e dinamizar a atividade comercial na zona.

Ciudad del Este tem plano ambicioso de revitalização do centro comercial
Foto: Gentileza LaClave

Além disso, serão construídas novas praças que servirão como pontos de encontro e lazer dos cidadãos. Estes espaços públicos serão denominados de mobiliário urbano e zonas verdes para garantir um ambiente confortável e seguro.

Para a realização deste projeto, a prefeitura irá procurar a colaboração do Ministério das Obras Públicas e Comunicações (MOPC), que gere a faixa de domínio da Rota PY02. Espera-se que a sinergia entre ambas as entidades permita otimizar a execução dos trabalhos e garantir o seu sucesso.

Mais notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *